Pela busca do equilíbrio

Por Érica Fonseca

Que a atividade física faz bem para a saúde do corpo e da mente, nós já sabemos.

Não é por acaso que a prática de exercícios é uma grande aliada em diversos tratamentos, como por exemplo, nos direcionados para aqueles que lutam para abandonar a dependência química.

A ordem é movimentar-se  e descobrir o ponto de equilíbrio face às adversidades!

Pensando nisso, desde o início de 2016, o grupo Fibratech + VidAtiva, desenvolve um projeto, em parceria com a Vila Verde, onde são trabalhadas atividades como palestras sobre cultura corporal e incentivo à prática de atividade física regular.

“Cuidar é a nossa vocação.”

A Vila Verde reúne quatro unidades em Juiz de Fora – bairros São Pedro, Borboleta, Bromélias e avenida Rio Branco – com o objetivo de prestar atendimento a pessoas com transtornos psiquiátricos, psicológicos e dependência química.

O foco é a prevenção, a informação no tratamento pontual e a preocupação da relação entre a família e o paciente, por meio do programa realizado na clínica.

A parceria

O projeto surgiu de uma conversa entre o médico psiquiatra Dr. Gustavo Dimas e os sócios da Fibratech + VidAtiva Eduardo Lopes e Hugo Amaral, sobre a possibilidade de levar para a clínica atividades físicas orientadas.

O professor de Educação Física Frederico Testa foi destinado para coordenar a iniciativa, devido a sua experiência prévia com alunos em vulnerabilidade social. Ele conta também com a importante ajuda do estagiário, Pedro Peixoto.

“O trabalho acontece nas segundas, terças e sextas-feiras.  Desenvolvemos atividades recreativas, caminhadas orientadas, corridas, esportes coletivos, jogos e brincadeiras que possibilitam a interação social dos pacientes”, conta Frederico.

O professor destaca que, desde que o projeto foi implementado, eles puderam participar da recuperação de sete pacientes, levando em consideração que o tratamento completo tem a duração de 1 ano.

Para Liliam Nara de Almeida Amorim, Gerente Técnico de Enfermagem da Vila Verde, a atividade física tem uma grande importância no âmbito da Saúde Mental, além de proporcionar o fortalecimento muscular, o aumento da capacidade cardiopulmonar e a melhora da estética, contribui também nos aspectos emocionais e sociais, através da interação dos participantes.

“Sair do sedentarismo pode trazer outros benefícios como, melhora do sono, humor e memória. O aumento da aptidão física e o ganho motivacional contribuem para adesão ao tratamento e promoção de bem estar.”, afirma Liliam.

Gostou do projeto desenvolvido pela Fibartech + VidAtiva em parceria com a Vila Verde?

Confira mais informações clicando aqui!