Fim das desculpas: como organizar a rotina de treinos – Fibratech

Você já ouviu alguém falando que NÃO QUERIA fazer uma atividade física ou que não vai a à academia porque isso não faz bem? Com certeza não, né! Mas apesar de (quase) todo mundo ter a consciência da importância dos exercícios para uma vida mais saudável, duradoura e com mais qualidade, muita gente ainda se pega preso nas desculpas diárias ou até mesmo encontra dificuldades para organizar a rotina de treinos.

Uma pesquisa realizada pelo IBGE e divulgada pelo Ministério do Esporte, mostrou que 45,9% dos brasileiros são sedentários.

6

Entre eles, a porcentagem de pessoas que não fazem nenhuma atividade física ou esporte vai aumentando conforme a idade.

7

E apesar do número de sedentários ser tão alto, mais assustador e contraditório ainda é o nível de consciência da população em relação a esse estilo de vida. Todo mundo sabe que faz mal, mas poucos mudam de atitude.

8

Se você se enquadra nessa parcela da população e está precisando de um empurrãozinho para iniciar um projeto com foco em aumentar a sua qualidade vida, emagrecer ou aliviar o stress, esse artigo está cheio de dicas práticas para te ajudar a organizar a rotina de treinos e parar de desculpas!

Desculpa #1 – “Não tenho tempo!”

Você tem a sensação de que está correndo durante todo o dia e mesmo assim não tem tempo para fazer nada?

Pois é. Todos conhecemos muito bem esse sentimento!

Mas já parou para pensar que se destinasse 1h do seu dia para a prática de atividades físicas, isso corresponderia a somente 3% do seu dia? A maneira como você utiliza o seu tempo tem muito a ver com as prioridades que escolhe. Ou seja, falta de tempo é, na verdade, falta de prioridade.

O que fazer?

Colocar a sua rotina no papel é uma das melhores formas de conseguir identificar os momentos em que você pode otimizar o tempo e achar brechas para atividades que não está conseguindo fazer atualmente.

Muita gente acaba até se surpreendendo com o resultado, vendo que a ansiedade te leva a ter um ritmo de vida muito mais acelerado do que o necessário.

Uma sugestão para ter um panorama completo de como anda a sua vida, é imprimir uma agenda de segunda a domingo, colocando tudo o que você faz de hora em hora.

Usar cores diferentes para cada esfera a sua vida pode te dar uma excelente noção do que você anda priorizando e como tem gastado o seu tempo, seja por uma opção ou simplesmente indo com a maré.

agenda - FINAL

Se ter um dia a dia mais saudável, conquistar uma melhor qualidade de vida e se sentir mais disposto forem uma prioridade, garantimos que você vai achar uma brechinha para começar os treinos!

Para fazer o download de uma agenda como essa, clique aqui!

Ah, e uma boa opção para otimizar o tempo, é apostar em aulas funcionais de alta intensidade, como o HIIT, que tem a duração de 30 minutos.

Desculpa #2 – “Não tenho dinheiro!”

Mais uma vez, ter ou não dinheiro para investir é questão de prioridade. Você já enxergou a atividade física como uma forma de prevenção de doenças?

Muita gente deixa de investir na saúde e depois acaba tendo que gastar o triplo na farmácia.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é o quarto fator de risco de morte no mundo e representa chances de morte de 30% maiores quando comparadas as de pessoas com uma rotina de atividades físicas.

Uma série de estudos científicos publicados pela Lancet mostrou que o sedentarismo custa, anualmente, US$ 67,5 bilhões (R$ 220 bilhões) à economia global. Esse número é maior do que o PIB do Paraguai. Os gastos do governo são com remédios, cuidados médicos, sistemas de saúde, hospitais, auxílio doença…

Ou seja, para economizar agora, você pode estar à beira de ter que gastar muito mais depois.

Sem contar que o quesito dinheiro perde a força quando pensamos no poder que a atividade física tem para prolongar longevidade das pessoas.

Quanto você pagaria por mês para viver mais e melhor?

O que fazer?

Se você ainda considera o dinheiro realmente um problema para investir nos treinos, é hora de organizar a sua vida financeira. Alguns aplicativos podem te ajudar a colocar ordem na casa para que consiga ter aquele dinheirinho sobrando para a sua saúde.

Alguns especialistas em Educação Financeira listaram algumas possibilidades nessa matéria do Infomoney.

Está em uma fase que realmente precisa economizar? Uma excelente opção é o esporte ao ar livre. Grupos de corrida, como o da VidAtiva, por exemplo, tem um excelente custo benefício. O importante é ter sempre um profissional capacitado para direcionar os treinos da forma correta, fazendo você alcançar os objetivos que traçou.

Desculpa #3 – “Não vou gostar de nada… e ainda vou passar vergonha!”

Até tem gente que adora começar coisas novas, mas uma grande parcela da população não gosta muito de sair da zona de conforto. Para esse segundo grupo, dar o primeiro passo para criar uma rotina de treino pode ser um grande desafio. Muitas pessoas acabam tendo uma série de pensamentos negativos e ficando paralisadas.

Fora isso, quem nunca pisou em uma academia já pensa naquele estereótipo: só gente sarada, bonita e que sabe mexer em TODOS os aparelhos.

E aí, você pensa que vai tá como?

Mas vou te contar um segredo: tudo isso é muito mais uma criação da sua cabeça do que a realidade. Dê uma chance para você experimentar. É claro que cada academia tem um clima diferente e você pode ser mais ou menos alinhado com o estilo de cada uma, dependendo do tipo de ambiente que você gosta.

Aqui na Fibratech o ambiente é bem descontraído e fazemos o máximo possível para facilitar a adaptação dos novos alunos. Respeitar o seu tempo é fundamental nesse processo!

Quer conferir?

Clique aqui e agende uma aula experimental gratuita.

O que fazer?

Experimentar é o primeiro passo! Antes de ter uma surra de pensamentos sobre como é ou como não é uma academia, experimente! Faça as aulas coletivas, vá no salão de musculação, conheça as opções de esportes ao ar livre. O grupo Fibratech + VidAtiva acredita que a atividade física precisa ser um prazer na sua vida!

Por isso, temos diferentes serviços para você escolher o que tem a sua cara.

Depois de começar, quando você menos esperar, já vai estar assim:

Desculpa #4 – “Vivo cansado(a) e ainda vou ir treinar?”

Não é nem quarta e você já está super cansado?

Ao invés de usar isso como desculpa, que tal usar como motivação? A prática regular de atividade física é excelente para combater o cansaço, o stress e aumentar o bom humor e a disposição.

Uma pesquisa feita pela Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos, e divulgada no periódico “Mental Health and Physical Activity” relacionou os efeitos da prática regular de exercícios físicos com um dia a dia mais produtivo.

Após acompanhar 2.600 homens e mulheres entre 18 e 85 anos, os pesquisadores descobriram que aqueles que praticam 150 minutos semanais (o que daria 30 minutos por dia, por exemplo) de algum esporte de intensidade moderada a pesada têm 65% menos cansaço durante o dia.

Invertendo a lógica do seu pensamento, o cansaço pode estar batendo justamente porque você não pratica uma atividade física.

O que fazer?

Escolha um exercício que você goste e coloque-o dentro da sua rotina. Com o passar dos dias, você sentirá a disposição aumentar.

Antes de começar, é interessante ir até um médico para colocar os exames em dia. Além disso, procurar um profissional da área de Nutrição pode ser muito estratégico para te ajudar a aumentar a sua energia.

Desculpa #5 – “Não tenho companhia”

Passe a ver o esporte como uma alternativa para conhecer novas pessoas.

Pode ser que no início você vá treinar sozinho, mas a medida que o tempo for passando, você vai ganhar companheiros de treino e, quem sabe, até de vida.

O que fazer?

As aulas coletivas são a melhor opção se você não gosta de fazer exercícios sozinho. Na Fibratech, as modalidades são bem diversas – da Yoga ao Boxe – e todas são uma excelente chance de manter a motivação em alta, fazendo novas amizades.

Pronto! Agora é só dar o primeiro passo, ter disciplina e esperar os resultados aparecerem!

Ah, e é para colocar tudo que falamos aqui em prática mesmo!

Fechar Menu